MENU

A importância do processo de adaptação a um residencial para idosos

Por uma série de motivos, um idoso e sua família podem optar por sua permanência em um residencial para a terceira idade, ou seja, uma Instituição de Longa Permanência para Idosos (ILPI). A opção pode ser fruto de uma necessidade ou mesmo uma escolha, mas a verdade é que, independente do motivo, o processo de adaptação do idoso a um residencial para a terceira idade deve ser realizado com toda a cautela, atenção e sob cuidados.

Mas, afinal, qual é a importância do processo de adaptação a um residencial para idosos? Mais do que isso, como essa adaptação deve ser feita? Cada ILPI tem seus próprios protocolos, mas todas precisam estabelecer critérios que tragam segurança e comodidade para o idoso, que de fato vive, ali, um momento de mudança radical, passando a habitar um novo lar.

Por que é preciso se adaptar a um residencial para idosos?

Cada idoso tem sua própria história e uma determinada motivação que o levou a procurar uma Instituição de Longa Permanência para Idosos. Pode ter sido uma escolha própria, uma necessidade ou mesmo uma decisão familiar, mas a verdade é que aquela pessoa passará por uma transformação em sua vida, deixando de morar em sua própria casa, ou na residência de um familiar, passando a viver em um residencial especializado para receber pessoas da terceira idade.

É, de fato, uma grande diferença, ainda que o idoso vá encontrar na ILPI todo o conforto e segurança necessários para sua vida. Morar em casa ou em um residencial para a terceira idade faz toda a diferente, e é preciso se adaptar a essa nova situação.

Em um residencial para a terceira idade, o idoso encontrará todo o apoio necessário e passará a ser cuidado por profissionais especializados, e é claro que isso é muito bom. Também irá morar com outras pessoas, o que é excelente para fazer novas amizades e buscar companhia diária. Ainda assim, essa mudança de rotina pode ser difícil para qualquer um, principalmente para uma pessoa idosa.

A adaptação nada mais é do que os cuidados para que essa passagem de um lar para um ILPI seja feita da melhor forma possível. Portanto, é fundamental que tenhamos cuidado e atenção neste período de adaptação.

Como deve ser a adaptação a um residencial para a terceira idade?

O novo morador precisa se sentir literalmente em casa, afinal ali será sua nova moradia. Portanto, antes de tudo, precisa se sentir seguro ali. Precisa se certificar de que será bem cuidado, de que é bem-vindo e querido. A verdade é que o idoso jamais se adaptará a uma nova moradia se não se sentir bem ali, como em sua própria casa.

Uma adaptação cuidadosa prevê:

  • A apresentação do espaço e das pessoas que ali trabalham e moram, de uma forma tranquila e no tempo do novo morador.
  • Muita conversa e, principalmente, muita escuta para se conhecer as necessidades do novo morador.
  • Oferecer segurança de que ali ele está em casa, estando ao seu lado neste primeiro momento no novo lar.
  • Estimulá-lo a participar das atividades coletivas.

Como é a adaptação do idoso na Rede Ser

A Rede Ser segue protocolos muito específicos para tornar o período de adaptação do idoso o mais tranquilo e rápido possível. Entendemos que se trata de um momento muito especial e que merece toda a atenção. Portanto, antes de tudo, dedicamos um tempo especial e diferenciado aos nossos novos moradores, até que se tornem mais independentes e adaptados ao novo lar.

Além de entrevistas e exames com nosso médico, enfermeira, fonoaudióloga, fisioterapeuta e nutricionista, temos uma longa conversa com o novo morador e sua família para entender todas as suas necessidades e conhecer a sua história. Na Rede Ser, estimulamos a diversidade e a individualidade também. Além das entrevistas, apresentamos paulatinamente o espaço e nossa equipe de profissionais. Isso é feito com calma, no tempo do idoso. Os coordenadores das atividades coletivas também convidam o novo morador para participar dos eventos, e dispensam uma atenção especial a eles.

Outra forma de adaptar o novo morador é estimulando-o a decorar seu quarto como quiser. Se o novo morador quiser trazer seus próprios enfeites e até móveis, sem problema algum. A decoração é por conta dele, até a parede pode ser repintada da cor que desejar! E permitimos a presença de pets, desde que os cuidados caibam ao morador, é claro.

Na Rede Ser, a adaptação é personalizada, na medida de cada indivíduo, mesmo porque todos somos diferentes e temos nossas necessidades particulares. O importante é que levamos esse período muito a sério, em busca da segurança, comodidade e conforto dos nossos novos moradores e de toda a nossa comunidade.

ENDEREÇO

Agendamento de visitas
Rua Santo Amaro, 11 | Glória | Rio de Janeiro | RJ

A Rede Ser opera residenciais para idosos independentes ou com auxílio assistido. Trabalhamos com paixão para fornecer a mais alta qualidade de atendimento e fazer a diferença na vida daqueles a quem servimos.

Residencial para Idosos   |   Asilo para Idosos   |   Casa de Idosos   |   Casa de Repouso   |   Cuidador de Idosos
COPYRIGHT © SER GLORIA RESIDENCIAL SÊNIOR